Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Linha de Urologia e Sexologia

Linha de Urologia e Sexologia

06
Mar08

Quais as causas possíveis para uma disfunção eréctil?

Linha de Urol.
De Elisabete S. a 5 de Março de 2008 às 14:12
  
Boa Tarde,
 
O meu nome é Elisabete e venho colocar uma pergunta que me "atormenta", uma vez que é uma situação que se está a passar comigo.
O meu namorado, por vezes, perde a erecção e pergunto se este tipo de situação é comum ou até normal. Não quero fazer disto um drama, mas o certo é que me incomoda em muito. Quando iniciamos o acto de "fazer amor", ele parece-me que está muito entusiasmado, mas depois perde a erecção e eu fico com a sensação de que fiz alguma coisa errada.
Gostaria que me explicassem quais as causas para este tipo de situação e se haverá alguma forma de a resolver.
 
Com os melhores cumprimentos,
Elisabete S. 
 

Foto retirada de: www.brianjonesart.com

Bom dia Elisabete S.
 
Não existem razões para sentir culpa do que se está a passar consigo, estas situações acontecem por várias causas e são muito comuns, a problemática poderá até ser a nível psicológico. Hoje em dia, temos ao nosso dispor várias possibilidades de tratamento consoante a causa (orgânica ou psicológica). Quanto mais cedo é diagnosticado um problema de disfunção eréctil, mais sucesso terá o seu possível tratamento, e para avaliar o problema do seu parceiro em particular, apenas seria possível em consulta de especialidade de urologia ou andrologia, para ser avaliado com exames físicos e relatar a sua história clínica, para que seja fundamentada uma causa para a disfunção que refere. Irei descrever-lhe em seguida todas as causas possíveis para este tipo de disfunção.
 
Causas possíveis de uma disfunção eréctil:
 
- Origem Psicológica:
Existem alguns casos de disfunção eréctil que estão associados a factores psicológicos, relativos a depressão, ansiedade, sentimento de culpa e medo de uma possível falha; poderam influenciar directamente o desempenho sexual do homem. É a nível cerebral que tudo se revela e interage, é a zona de controlo das memórias, afectos, fantasias, ou seja, o local dos estimulos sexuais. Pode haver uma perturbação a nível de um destes estímulos sensoriais, o que poderá desenvolver uma disfunção eréctil...
 
- Lesão Neurológica:
Acidente vascular, tumor, traumatismos ou encefalites, que atinjam os lobos frontoparietais, lobos temporais ou a região septo-fornículo-hipotalâmica, podem também ser causas de uma disfunção eréctil.
 
- Insuficiência Arterial:
A insuficiência arterial é a maior causa de disfunção eréctil.
Aterosclerose, hipertensão, diabetes, alcoolismo e tabagismo, provocam alterações no endotélio arterial, obstruindo o lúmen ou diminuindo a elasticidade da parede da artéria, promovendo a dimnuição do aporte sanguíneo, logo, provoca disfunção eréctil.
 
- Insuficiência do mecanismo veno-oclusivo:
Esta insuficiência é muito menos frequente, pode ser congénita ou adquirida. A insuficiência dos mecanismos oclusivos da circulação sanguínea de retorno, são considerados factores decisivos para não haver uma rigidez peniana, ou seja, uma provável disfunção eréctil.
 
- Insuficiência do sistema endócrino:
O eixo endócrino possui grande importânca na função sexual, pois os niveis normalizados de testosterona contribuem para a integridade deste eixo. Existem quadros clínicos muito variados (Hipogonadismo hipogonadotrófico, hipogonadismo hipergonadotrófico, hiperprolactinemia, diabetes mellitus, hiper ou hipotiroidismo e alterações do envelhecimento do homem).
 
- Consumo de medicamentos:
A cocaína, heroína e o ecstasy, anti-hipertensores, anti-histaminicos, antidepressivos, supressores de apetite e os anti-ulcerosos pépticos influenciam a função sexual masculina.
 
Sugiro que o seu parceiro seja observado em consulta de urologia ou andrologia para um melhor diagnóstico.
 
Veja a resposta à questão já colocada neste blog sobre "Que tratamentos existem para disfunção eréctil..." ou clicando na secção de etiquetas "disfunção eréctil"
 
Obrigada

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Dr. Manuel Mendes Silva

Médico Urologista Fellow do European Board of Urology. Ex-Presidente da Associação Portuguesa de Urologia e do Colégio de Urologia da Ordem dos Médicos. Ex-Vice Presidente da Sociedade Portuguesa de Andrologia. Director da Oficina de Ética da Conderação Americana de Urologia.

Links

Hospital de ST Louis

  •  
  • Caracterização dos Leitores da Linha de Sexologia

    Métodos Contraceptivos utilizados pelos leitores da linha de Sexologia:

    Total de 426 Votos
    Votação realizada de 22/02/2008 a 27/03/2008

    Pílula - 213 (50%)
    Preserv. Masc. - 107 (25.12%)
    Coito Interrom. - 35 (8.22%)
    DIU - 25 (5.87%)
    Anel Vaginal - 18 (4.23%)
    Abstinência - 13 (3.05%)
    Implante - 5 (1.17%)
    Contrac. Cirúrg. - 4 (0.94%)
    Contrac. Emerg. - 2 (0.47%)
    Espermicida - 2 (0.47%)
    Injectável - 1 (0.23%)
    Preserv. Femi. - 1 (0.23%)

    Das seguintes expressões, a que melhor me descreve é:

    Total de 146 Votos
    Votação realizada de 27/03/2008 a 12/05/2008

    Lésbica - 3 (2.05%)
    Gay - 4 (2.74%)
    Homossexual - 4 (2.74%)
    Heterossexual - 115 (78.77%)
    Bisexual - 13 (8.90%)
    Nenh. desc. - 2 (1.37%)
    ident. sex. oscila - 5 (3.42%)

    Arquivo

    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2013
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2012
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2011
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2010
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2009
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2008
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D

    Envie a sua questão

    As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato.

    E-mail: CLIQUE AQUI PARA ENVIAR