Sexta-feira, 9 de Maio de 2008
Quando o orgasmo é mais intenso urino sem perceber durante esses orgasmos, é alguma disfunção?

De Cristina Rondon a 6 de Maio de 2008 às 18:58

     

Boa Tarde
 
Gostaria de saber o porque eu urino durante alguns orgasmos, isso está se tornando corriqueiro. Eu e o meu parceiro nos damos super bem na cama e quando o orgasmo é mais intenso isso acontece "de urinar sem perceber durante esses orgasmos". Gostaria de saber se isso é alguma disfunção.
 
Muito obrigada pela atenção
  
Cristina Rondon

  

Foto in: http://img90.imageshack.us/img90/5641/mulher20na20aguadf0.jpg

    

 

Boa Tarde Cristina Rondon,

  

As pesquisas revelaram que, algumas mulheres conseguem ejacular, muito embora todas as mulheres tenham essa capacidade, nem todas, conseguem alcançar este fenómeno. Na quase totalidade dos casos em que este fenómeno foi observado, a ejaculação feminina ocorreu durante ou logo após orgasmos obtidos através da estimulação do ponto G, com o dedo ou com o pénis.

o seu caso em particular à partida, não estaremos perante uma disfunção, porque quando refere ter estes episódios, são durante orgasmos mais intensos, e não durante o acto sexual normal. O líquido que sente ao ser expelido durante a "ejaculação" é claro, às vezes leitoso, ralo e geralmente sem odor. Pesquisas comprovaram que a composição é semelhante ao líquido produzido pela próstata nos homens. Apesar de muitas pessoas acharem que pode ser urina, o líquido ejaculado não contém ureia e não provém da bexiga. Aliás, seria impossível uma mulher urinar no momento do orgasmo, já que o músculo contraído na altura do clímax é o mesmo que contém a urina, assim a urina não poderia ser libertada.


O que é certo é que a "ejaculação" é uma libertação de líquido, associada ao orgasmo e ao prazer da mulher e, por isso, completamente saudável. Da mesma maneira, é importante notar que a mulher que não ejacula não é tem um problema e que o orgasmo feminino não precisa surgir, necessariamente, acompanhado de ejaculação.Mulheres, cujas glândulas parauretrais produzem pouco líquido, ou que não são devidamente estimuladas, têm mais dificuldade de obter ejaculação.
   
o estímulo que poderá levar a mulher a ejacular desta forma é a leve estimulação ritmado do clítoris e do ponto G, na entrada da vagina, são estes, os mais indicados para provocar a ejaculação na mulher. Por estar em contacto íntimo com o canal uretral e as glândulas parauretrais, o ponto G parece ser de uma grande importância no processo da ejaculação feminina. O momento que antecede a ejaculação, a sensação se assemelha muito à vontade de urinar. Talvez por este motivo, muitas mulheres "param" a ejaculação por medo ou vergonha, com receio de "urinar" no parceiro ou nas mãos da parceira. Para as mulheres heterossexuais, o estímulo provocado pelos dedos parece ser bem mais efectivo no caso da ejaculação feminina do que a penetração peniana pura e simples.

 

Não se preocupe, com essa situação, pois a qual é normal e não se trata de urina. Para se tratar de uma infecção urinária, não teria de surgir essa coincidência apenas nos orgasmos, mas sim ter mais sintomatologias, face a outros momentos do seu dia-a-dia.

  

Obrigada e Felicidades.



publicado por Linha de Urol. às 20:01
link do post | adicionar aos favoritos

Comentários:
De Maria a 10 de Setembro de 2008 às 18:00
Boa tarde. tenho 17 anos n iniciei a vida sexual ha muito tempo , mas quando me excito nem e' necessario existir penetraçao. sinto uma vondate de urinar, e tento me controlar e consigo mas o facto é que assim nao consigo aproveitar o momento como gostaria,. isto é normal?
e em seguida ao acto tenho que ir logo urinar.

ombrigado e boa tarde


De Linha de Urol. a 27 de Setembro de 2008 às 18:43
Boa Tarde Maria,

Eu penso que seria positivo e útil marcar uma consulta de ginecologia para fazer análises bacteriológicas por forma a perceber se a sua uretra e genitália se encontram bem. Apenas para colocar de parte alguma infecção.

Procure esvaziar a sua bexiga antes da relação sexual para perceber se existe alguma diferença.

Obrigada.


De fe a 1 de Abril de 2010 às 04:35
querida aproveita, se seu parceiro for compreensivo e te amar ele nunca masi vai querer outra mulher, vc vai sentir um prazer sem explicação. Não se controle, se permita, vc vai perder a razão se vc se deixar urinar de prazer.


De marina a 15 de Outubro de 2009 às 04:33
Olá,

Desde muito nova, quando comecei a me masturbar tinha a tal ejaculação feminina...e aprendi a controlar porque geralmente causava um transtorno em molhar demais pijama, lençois e até colchão...
foi um problema re-aprender a ter essa ejaculação novamente...
agora já estou bem, com uma ejaculação normal...o problema é que vez ou outra essa ejaculação apresenta um odor mais forte e um gosto um pouco salgado...fico me peguntando se realmente não existe a hhipostese de urinar (apesar de ja ter lido muitas vezes que não) mas o meu parceiro que sempre pratica sexo oral comigo e está acostumado com isso em uma das vezes disse que a ejaculação parecia urina.
Isso pode acontecer?

att
marina


De fe a 1 de Abril de 2010 às 04:30
não concordo com sua afirmação de que esse líquido n é urina. Quando em situações de orgasmo e prazer extremo eu urino, e bem longe, as vezes mais de um metro e meio de distância, tem cheiro de urina, cor de urina, quantidade de urina. È tão abundante que chega a molhar o colchão. Se for impossível, sou a prova viva que é possível. Se um dia tiver a oportunidade de vivenciar ou mesmo de twer uma parceira com essa característica vc nunca mais vai querer um sexo "seco". è um prazer indescritível.


De leila a 30 de Maio de 2010 às 22:37
eu nao sei o que e, e pesquisei para saber, porque fiquei com meu parceiro e ele ficou super impressionado pensou que eu tinha urinado nele.
nao e todas as vezes, mais e muito frequente comigo e quando termino quero ir ao banheiro e urino normal muitao. e uhallll sinto o maior prazer quando isso acontece penso que par ter um prazer perfeito nao se pode ter receio de nada.


Comentar post

Consultórios
DR MANUEL MENDES SILVA:
Urologia
Avenida da Liberdade nº 202, 1º.
Contacto: 21 3524276

Dr. Manuel Mendes Silva
Médico Urologista Fellow do European Board of Urology. Ex-Presidente da Associação Portuguesa de Urologia e do Colégio de Urologia da Ordem dos Médicos. Ex-Vice Presidente da Sociedade Portuguesa de Andrologia. Director da Oficina de Ética da Conderação Americana de Urologia.
CONSULTA de SEXOLOGIA em CASTELO BRANCO
Marcações de consulta de Sexologia em Castelo Branco, com a Dra. Vera Ribeiro
MORADA: Quinta da Milhã - Estrada do Salgueiro, Castelo Branco
Contacto para marcação: 272 348 860
http://www.euromedic.pt (Informe-se sobre convenções de seguros para a consulta, na Clínica). Consultas aos sábados no período da manhã!
Envie a sua questão
As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato.

E-mail: CLIQUE AQUI PARA ENVIAR
Outras Ligações
Pesquisar
 
Caracterização dos Leitores da Linha de Sexologia
Métodos Contraceptivos utilizados pelos leitores da linha de Sexologia:

Total de 426 Votos
Votação realizada de 22/02/2008 a 27/03/2008

Pílula - 213 (50%)
Preserv. Masc. - 107 (25.12%)
Coito Interrom. - 35 (8.22%)
DIU - 25 (5.87%)
Anel Vaginal - 18 (4.23%)
Abstinência - 13 (3.05%)
Implante - 5 (1.17%)
Contrac. Cirúrg. - 4 (0.94%)
Contrac. Emerg. - 2 (0.47%)
Espermicida - 2 (0.47%)
Injectável - 1 (0.23%)
Preserv. Femi. - 1 (0.23%)

Das seguintes expressões, a que melhor me descreve é:

Total de 146 Votos
Votação realizada de 27/03/2008 a 12/05/2008

Lésbica - 3 (2.05%)
Gay - 4 (2.74%)
Homossexual - 4 (2.74%)
Heterossexual - 115 (78.77%)
Bisexual - 13 (8.90%)
Nenh. desc. - 2 (1.37%)
ident. sex. oscila - 5 (3.42%)

Arquivos

Abril 2014

Dezembro 2013

Junho 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Abril 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Subscrever feeds