Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Linha de Urologia e Sexologia

Linha de Urologia e Sexologia

07
Mai08

Tenho enxaquecas e menstruação abundante com a pílula. Com Mirena/SIU, terei os mesmos sintomas?

Linha de Urol.

De Sandra a 5 de Maio de 2008 às 10:53

 

Bom Dia,

 
Desde o nascimento do meu segundo filho, passei a ter uma menstruação muito abundante. Acabei mesmo por ter um bocadinho de anemia.
 
Sofro de enxaquecas, e ao usar a pílula passo a ter ataques deste tipo de dor de cabeça pelo menos 3 vezes por semana. Para além disso provoca-me uma inibição da libido muito grande. Assim, apenas uso o preservativo como método contraceptivo.
 
O meu ginecologista recomendou-me o Mirena, mas confesso que tenho alguns receios quanto a este método devido ao facto de também ser hormonal. Não irá provocar na mesma os efeitos que me fazem evitar o uso da pílula?
 
Se me poder esclarecer quanto a  este facto agradecia imenso.
 
Obg.
 
Sandra
 
Foto in: http://www.sexualityandu.ca/e-bulletin/images/iucd2.gif
   
Bom Dia Sandra,
 
Todas as queixas que referiu ter tido anteriormente com contracepção hormonal oral, são devido a algum tipo de intolerância, provavelmente aos níveis de estrogénio administrados nessa composição, que actua de uma forma que faz baixar os seus níveis de estrogénio no sangue e isso é o que pode estar a causar as dores de cabeça frequentes. Neste caso, uma das possíveis alternatias seria a utilização de levonorgestrel (Mirena).
 
As principais razões para o uso do Mirena, são todas as condições em que se deve evitar o uso de estrogénio, como parece ser o seu caso em particular, e daí a recomendação do seu médico, face a um progestagénio (Mirena), que é indicado para a Menorragia, ou seja sangramento menstrual abundante.
 
A concentração de Levonorgestrel no endometrio, inibe a síntese endometrial dos receptores de estrogénios e progestagénios, insensibilizando o endometrio aos estrogénios circundantes. O SIU-MIrena, é um dispositivo de plástico em forma de T com um reservatório hormonal que liberta uma quantidade muito reduzida de hormona (levonorgestrel) para o útero durante um período de 5 anos, pelo menos. Trata-se de um método tão eficaz como a laqueação de trompas, tendo a vantagem de ser reversível e de tornar os ciclos menstruais mais curtos e menos abundantes. Algumas mulheres podem menstruar de forma irregular ou nunca menstruar .
  
Ao colocar o Mirena irá denotar que, as suas menstruações serão menos intensas ou mesmo ausentes, menos dores e fluxo menstrual menos abundante, reduzindo o risco de anemia (a qual referiu já ter tido). Podem ocorrer pequenas perdas intermenstruais ou menstruação mais prolongada que o habitual durante os 3 primeiros meses.
 
Penso que é decisão correcta para si, pelas suas queixas e sintomatologia, apesar de ser também um método hormonal, possui uma composição completamente diferente, e por isso, provavelmente, não lhe irá promover os efeitos indesejáveis da contracepção oral combinada. Ao iniciar Mirena, deverá estar atenta a posteriores sintomas e procurar dar feedback ao seu médico, sobre a forma como se sente e está adaptar a este método contraceptivo.
  
Existe também um post já publicado sobre o SIU - Mirena, que recomendo a sua leitura:
  
Obrigada e Felicidades

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Dr. Manuel Mendes Silva

Médico Urologista Fellow do European Board of Urology. Ex-Presidente da Associação Portuguesa de Urologia e do Colégio de Urologia da Ordem dos Médicos. Ex-Vice Presidente da Sociedade Portuguesa de Andrologia. Director da Oficina de Ética da Conderação Americana de Urologia.

Links

Hospital de ST Louis

  •  
  • Caracterização dos Leitores da Linha de Sexologia

    Métodos Contraceptivos utilizados pelos leitores da linha de Sexologia:

    Total de 426 Votos
    Votação realizada de 22/02/2008 a 27/03/2008

    Pílula - 213 (50%)
    Preserv. Masc. - 107 (25.12%)
    Coito Interrom. - 35 (8.22%)
    DIU - 25 (5.87%)
    Anel Vaginal - 18 (4.23%)
    Abstinência - 13 (3.05%)
    Implante - 5 (1.17%)
    Contrac. Cirúrg. - 4 (0.94%)
    Contrac. Emerg. - 2 (0.47%)
    Espermicida - 2 (0.47%)
    Injectável - 1 (0.23%)
    Preserv. Femi. - 1 (0.23%)

    Das seguintes expressões, a que melhor me descreve é:

    Total de 146 Votos
    Votação realizada de 27/03/2008 a 12/05/2008

    Lésbica - 3 (2.05%)
    Gay - 4 (2.74%)
    Homossexual - 4 (2.74%)
    Heterossexual - 115 (78.77%)
    Bisexual - 13 (8.90%)
    Nenh. desc. - 2 (1.37%)
    ident. sex. oscila - 5 (3.42%)

    Arquivo

    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2013
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2012
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2011
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2010
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2009
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2008
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D

    Envie a sua questão

    As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato.

    E-mail: CLIQUE AQUI PARA ENVIAR