Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Linha de Urologia e Sexologia

Linha de Urologia e Sexologia

01
Abr08

Estou a ir para a velhice??! Fisicamente o meu marido diz-me que estou cada vez melhor...

Linha de Urol.
De Fernanda a 31 de Março de 2008 às 11:18
 
Bom dia Srª. Drª. Vera!
 
Ainda bem que encontrei este site.
 
Sou a Fernanda, tenho 46 anos, sou casada, tenho 3 filhos, uma com 22 anos, outra com 15 e outro com 8 anos.
 
No mesmo dia que tive o último filho, laqueei as trompas, porque em 25 anos de casada, nunca me dei bem com diversas pílulas.
 
Fui uma pessoa que teve sempre muitas infecções vaginais, mas foram sempre tratadas. Em 2006 ao fazer o Papanicolau, deu um resultado que eu tinha células alteradas no colo do útero. Fiz uma biópsia, aliás já fiz duas, e o resultado foi: Vírus Papiloma ( HPV de baixo risco). A minha ginecologista fez-me uma crioterapia, e ficou tudo bem, ando a ser vigiada de 6 em 6 meses.
    
Depois de ter o meu filho mais novo, tinha eu 38 anos, comecei a ter períodos mentruais abundantes, que se foram agravando ao longo destes últimos anos, (de 10 a 12 dias).
 
Há 2 anos atrás que estou a tomar o ZOLOFT ( antidepressivo por causa do pânico) juntamente com o OLCADIL ( ansiolítico), este último há mais de 10 anos.Nesse mesmo ano também me foi  detectado anemia, que nunca consegui subir os valores, devido a eu não conseguir tolerar o ferro oral.
 
Depois de ter estudado o meu caso, a minha ginecologista e eu, entendemos que seria melhor tentar colocar o DIU MIRENA, para ver se me dava bem, e se acabava com a menstruação de vez, esta era a última hipótese, antes de partir para a cirurgia ( extracção do útero ).
 
Depois fui a um hematologista e detectou no meu sangue unicamente, falta de ferro nada mais, ( devido às hemorragias abundantes )... Estou a tomar tardyferon 2 por dia, para combater a minha anemia, a hemoglobina estava a 9.2.Tive que deixar de praticar natação, pois náo tinha forças.
 
Depois de ter colocado o DIU, já lá vão 3 meses, e este mês a menstruação já não veio, contudo noto que ando mais irritada, que engordei 2 quilos, cada vez tenho menos vontade de fazer amor. Ontem tentamos e eu não tive prazer nenhum, senti a vagina seca, e dor por dentro desconfortante. Desistimos, e chorei imenso, já não consigo satisfazer o meu marido, nem ele a mim, pois não tenho prazer absolutamente nenhum. Amamo-nos e queremos ultrapassar esta situação.
 
Estou a ir para a velhice??! Fisicamente o meu marido diz-me que estou cada vez melhor. Mas por dentro, já não sou o que era. Sinto-me triste... os anos estão a passar...é uma corrida contra o tempo...Não sei o que fazer para ultrapassar esta situação! Já estarei na perimenopausa?
 
EU QUERO SENTIR-ME MELHOR !!
POR FAVOR AJUDE-ME!!!
 
MUITO OBRIGADA.
 
Fernanda
 
Foto in: maolmar.blogs.sapo.pt/tag/quadros
  
Bom Dia Fernanda,
 
Li com a  maior das atenções a sua descrição e vejo que existem muitos factores que poderão estar a influenciar a sua vida sexual.
 
A sua breve descrição de história clínica demonstra algumas problemáticas físicas ao longo destes anos, que poderão influenciar a forma com se sente com o seu corpo, vida e relação afectiva.
 
O que me relata face ao SIU Mirena é normal, porque em muitas mulheres que utilizam este sistema, sucede-se a amenorreia, a qual não deve ser motivo de preocupação, porque assim não terá menstruações abundantes que tanto prejudicam a saúde e bem estar.
 
Quando descreve que "cada vez tenho menos vontade de fazer amor", "Ontem tentamos e eu não tive prazer nenhum, senti a vagina seca, e dor por dentro desconfortante", poderei fazer uma associação à medicação que toma, porque no caso dos antidepressivos, são medicamentos que têm sido reportados como causa de disfunção sexual em 30 a 70% dos pacientes, sendo a redução da libido / desejo e dificuldade a atingir o orgasmo, as mais frequentes.
 
No caso do antidepressivo que utiliza, Sertralina /Zoloft, é um inibidor da recaptação da serotonina, e a sua interferência atinge o desejo sexual e a capacidade de obter orgasmo, porque como nos refere: "não tenho prazer absolutamente nenhum". O antidepressivo e o ansiolitico só por si têm as consequências que nos refere. A minha sugestão é que deveria ponderar a possibilidade de integrar uma terapia para superar os pânicos que parece ter ao longo deste anos e que por isso toma esta medicação. Iria ajudá-a a superar estas situações e posteriormente passar ao tratamento no que diz respeito à sua vida sexual e afectiva.
 
Se sente que ultimamente está diferente de alguma forma, penso que deveria relatar esse facto à sua ginecologista para que possa fazer umas análises hormonais, ter 46 anos não é justificação "de ir para  velhice" mas sim que deve procurar acompanhar a evolução do seu organismo da melhor forma possivel, porque hoje em dia existem formas de repor todas as possiveis alterações hormonais, e isso não devemos temer.
 
A mulher quanto mais idade tem, mais madura se torna, melhor conhece o seu corpo, as suas emoções, e sabe melhor o que quer para si... não tema isso. Mas pondere seriamente a hipótese de terapia individual porque penso que iria solucionar muitas questões comportamentais que a possa estar a atormentar ao longo destes anos.
  
Obrigada

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Dr. Manuel Mendes Silva

Médico Urologista Fellow do European Board of Urology. Ex-Presidente da Associação Portuguesa de Urologia e do Colégio de Urologia da Ordem dos Médicos. Ex-Vice Presidente da Sociedade Portuguesa de Andrologia. Director da Oficina de Ética da Conderação Americana de Urologia.

Links

Hospital de ST Louis

  •  
  • Caracterização dos Leitores da Linha de Sexologia

    Métodos Contraceptivos utilizados pelos leitores da linha de Sexologia:

    Total de 426 Votos
    Votação realizada de 22/02/2008 a 27/03/2008

    Pílula - 213 (50%)
    Preserv. Masc. - 107 (25.12%)
    Coito Interrom. - 35 (8.22%)
    DIU - 25 (5.87%)
    Anel Vaginal - 18 (4.23%)
    Abstinência - 13 (3.05%)
    Implante - 5 (1.17%)
    Contrac. Cirúrg. - 4 (0.94%)
    Contrac. Emerg. - 2 (0.47%)
    Espermicida - 2 (0.47%)
    Injectável - 1 (0.23%)
    Preserv. Femi. - 1 (0.23%)

    Das seguintes expressões, a que melhor me descreve é:

    Total de 146 Votos
    Votação realizada de 27/03/2008 a 12/05/2008

    Lésbica - 3 (2.05%)
    Gay - 4 (2.74%)
    Homossexual - 4 (2.74%)
    Heterossexual - 115 (78.77%)
    Bisexual - 13 (8.90%)
    Nenh. desc. - 2 (1.37%)
    ident. sex. oscila - 5 (3.42%)

    Arquivo

    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2013
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2012
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2011
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2010
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2009
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2008
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D

    Envie a sua questão

    As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato.

    E-mail: CLIQUE AQUI PARA ENVIAR