Terça-feira, 18 de Março de 2008
"Foram raras as vezes em que conseguimos manter as relações..."

De Patrícia a 17 de Março de 2008 às 16:00

  

Boa tarde!

 
O meu nome é Patrícia tenho 22 anos e depois de inúmeras pesquisas resolvi escrever de modo a obter uma ajuda.

 
Tenho uma relação bastante estável à cerca de 2 anos e meio com o meu namorado e no entanto foram raras as vezes em que conseguimos manter relações, durante todo este tempo tentei fazer de tudo e não pressionar aconselhando somente a que ele procura-se um médico apesar de acreditar sempre que o problema era do foro psicológico.

  

Depois de uma ida ao médico de familia o médico também achou que o problema seria psicológico e aconselhou para que durante aproximadamente um mês e meio tivéssemos intimidade mas que não tentássemos a penetração... apesar de ter concordado não fiquei muito convencida...daí que esteja á procura de algo que possa fazer para o ajudar, mas para isso preciso que alguém me ajude antecipadamente.

Cumprimentos,
 Patrícia Pinheiro

 

Konrad von Altstetten, 1166

Bom dia Patrícia Pinheiro,

 

Li atentamente o seu texto, no entanto não entendo o que quer dizer com, "foram raras as vezes em que conseguimos manter as relações", o seu parceiro ejacula precocemente? ou não consegue ter erecção suficiente para uma relação sexual?

 

Para ambas as possibilidades existe tratamento, no entanto quando se trata de causa psicológica, apenas será possível, através de terapia sexual. Onde será devidamente acompanhado e procurar compreender a causa da disfunção.

 

O conselho que vos foi dado pelo médico de família, está correcto, pois se estão perante uma disfunção sexual, é recomendado que tenham intimidade, troca de afecto, caricias, sem que haja uma penetração. Pois se existe esse problema não deverá ser forçado.

 

No entanto muitos casais após o tempo sem penetração, se a disfunção em si não for resolvida, necessitaram de ajuda especializada, através de terapia de casal/sexual, com a finalidade de, em conjunto, resolverem a problemática actual...

 

A sua colaboração, nesta problemática actual, é extremamente importante para o seu parceiro, ele precisará da sua força e ajuda para lidar com esta situação e posterior tratamento...

 

Obrigada



publicado por Linha de Urol. às 09:12
link do post | adicionar aos favoritos

Comentários:
De lila sara a 25 de Janeiro de 2010 às 19:02
boa tarde
chamo-me lila

gostaria de pedir esclarecimentos sobre o uso da pilula. já tentei usar a pílua Yasmin por duas vezes, no prmeiro dia menstrual, porém nunca consigo acabar o cartão por causa de dores fortes, aliás já tenho tido dores menstruais fortes é um período muito irregular. a recomendação foi de que a pílula podia ajudar-me a regularizar o meu ciclo menstrual e diminuir as dores, mas na verdade quando começo a tomar parece que as dores aumentam, não me aguento. será que a pilula haverá outra pílula de doses menores ou será que posso tomá-la com ibuprofeno pelo qual tenho feito o tratamento das dores menstruais? já fiz várias vezes testes para ver se a causa das dores seria outra mas dos exames feitos não há nada que contribua para isso, é um caso "normal", a ultima vez que tomei a pílua cheguei a vomitar e com dores intensas. gostaria de poder ser ajudada a perceber se haveria uma outra que eu possa tomar que não me provoque dores.

Muito obrigada pela atenção e aguardo a sua resposta


Comentar post

Consultórios
DR MANUEL MENDES SILVA:
Urologia
Avenida da Liberdade nº 202, 1º.
Contacto: 21 3524276

Dr. Manuel Mendes Silva
Médico Urologista Fellow do European Board of Urology. Ex-Presidente da Associação Portuguesa de Urologia e do Colégio de Urologia da Ordem dos Médicos. Ex-Vice Presidente da Sociedade Portuguesa de Andrologia. Director da Oficina de Ética da Conderação Americana de Urologia.
CONSULTA de SEXOLOGIA em CASTELO BRANCO
Marcações de consulta de Sexologia em Castelo Branco, com a Dra. Vera Ribeiro
MORADA: Quinta da Milhã - Estrada do Salgueiro, Castelo Branco
Contacto para marcação: 272 348 860
http://www.euromedic.pt (Informe-se sobre convenções de seguros para a consulta, na Clínica). Consultas aos sábados no período da manhã!
Envie a sua questão
As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato.

E-mail: CLIQUE AQUI PARA ENVIAR
Outras Ligações
Pesquisar
 
Caracterização dos Leitores da Linha de Sexologia
Métodos Contraceptivos utilizados pelos leitores da linha de Sexologia:

Total de 426 Votos
Votação realizada de 22/02/2008 a 27/03/2008

Pílula - 213 (50%)
Preserv. Masc. - 107 (25.12%)
Coito Interrom. - 35 (8.22%)
DIU - 25 (5.87%)
Anel Vaginal - 18 (4.23%)
Abstinência - 13 (3.05%)
Implante - 5 (1.17%)
Contrac. Cirúrg. - 4 (0.94%)
Contrac. Emerg. - 2 (0.47%)
Espermicida - 2 (0.47%)
Injectável - 1 (0.23%)
Preserv. Femi. - 1 (0.23%)

Das seguintes expressões, a que melhor me descreve é:

Total de 146 Votos
Votação realizada de 27/03/2008 a 12/05/2008

Lésbica - 3 (2.05%)
Gay - 4 (2.74%)
Homossexual - 4 (2.74%)
Heterossexual - 115 (78.77%)
Bisexual - 13 (8.90%)
Nenh. desc. - 2 (1.37%)
ident. sex. oscila - 5 (3.42%)

Arquivos

Abril 2014

Dezembro 2013

Junho 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Abril 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Subscrever feeds