Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Linha de Urologia e Sexologia

Linha de Urologia e Sexologia

12
Mar08

"Deixei de tomar a pílula minigeste á cerca de 6 meses e há cerca de 3/4 que não sou menstruada"...

Linha de Urol.

De Tânia a 12 de Março de 2008 às 11:13

  

Bom dia vera, o meu nome é tania e tenho 20 anos....
Deixei de tomar a pilula minigeste á cerca de 6 meses e há cerca de 3/4 que nao sou menstruada, engordei 3 quilos e nao me ando a sentir com grande auto-estima...
Estarei com algum problema grave?

 

Boa tarde Tânia,

 

Quando deixou de tomar a pílula à 6 meses atrás, foi por que motivo? não se sentia bem com a contracepção? sentiu algum efeito secundário?

Após ter deixado de tomar a contracepção oral, utilizou algum método contraceptivo de barreira?

 

A Minigeste possui um progestagénio mais forte em relação à dose de estrogénios, daí o motivo pelo qual por vezes se sucede a amenorreia pós-pílula (ausência de menstruação) ou o facto de muitas mulheres que tomam Minigeste possuirem perdas menstruais muito escassas ou até mesmo ausentes.

 

No entanto, como não temos todos os seus dados clínicos não podemos chegar a uma conclusão em concreto, pois se não utilizou, contracepção de barreia após ter terminado a toma da pílula, podemos pensar também numa possível gravidez.

 

Penso que deverá dirigir-se o mais breve possível a uma consulta de ginecologia, para ser avaliada e ter um diagnóstico preciso e fidedigno, para posteriormente ser devidamente tratada. Este tipo de situação acontece normalmente, sem ter uma condição patológica associada.

 

Obrigada

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Dr. Manuel Mendes Silva

Médico Urologista Fellow do European Board of Urology. Ex-Presidente da Associação Portuguesa de Urologia e do Colégio de Urologia da Ordem dos Médicos. Ex-Vice Presidente da Sociedade Portuguesa de Andrologia. Director da Oficina de Ética da Conderação Americana de Urologia.

Links

Hospital de ST Louis

  •  
  • Caracterização dos Leitores da Linha de Sexologia

    Métodos Contraceptivos utilizados pelos leitores da linha de Sexologia:

    Total de 426 Votos
    Votação realizada de 22/02/2008 a 27/03/2008

    Pílula - 213 (50%)
    Preserv. Masc. - 107 (25.12%)
    Coito Interrom. - 35 (8.22%)
    DIU - 25 (5.87%)
    Anel Vaginal - 18 (4.23%)
    Abstinência - 13 (3.05%)
    Implante - 5 (1.17%)
    Contrac. Cirúrg. - 4 (0.94%)
    Contrac. Emerg. - 2 (0.47%)
    Espermicida - 2 (0.47%)
    Injectável - 1 (0.23%)
    Preserv. Femi. - 1 (0.23%)

    Das seguintes expressões, a que melhor me descreve é:

    Total de 146 Votos
    Votação realizada de 27/03/2008 a 12/05/2008

    Lésbica - 3 (2.05%)
    Gay - 4 (2.74%)
    Homossexual - 4 (2.74%)
    Heterossexual - 115 (78.77%)
    Bisexual - 13 (8.90%)
    Nenh. desc. - 2 (1.37%)
    ident. sex. oscila - 5 (3.42%)

    Arquivo

    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2013
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2012
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2011
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2010
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2009
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2008
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D

    Envie a sua questão

    As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato.

    E-mail: CLIQUE AQUI PARA ENVIAR