Sexta-feira, 7 de Março de 2008
Procuro somente razões que me levaram a ter sonhos frequentemente desde 2005...
De Alice a 6 de Março de 2008 às 16:30
     
Dra.Vera Ribeiro
 
Encontrei o seu Blog por mera casualidade e li todas as sugestões referentes á sexualidade, todavia gostaria de colocar uma questão pertinente dos sentidos no plano mais psicológico que nada tem a ver com o factor sexual de forma pessoal, aqui em exclusivo.
 
Sou Deficiente Auditiva Bilateralmente desde os 18 meses de idade, de forma fortuita como inesperado e em Agosto de 2005 tive um sonho estranhissimo onde tudo começou a encaixar-se como as peças de um simples puzzle, capaz de despertar todas as impressões invulgarmente por um toque e encantamento.  
 
Um sonho povoado de imagens a beber espaços e sinais esculpidos em pormenores intensos, um bando de crianças inocentes pertencentes a um grupo. Ambos carregavam instrumentos musicais, no descampado verdejante, longe de tudo, do rebuliço e da desordem!  Olhei em sobressalto para uma delas, cabelo curto á rapaz, a face arredondada, o primeiro olhar imprevisível, um sorriso encantador, as próteses auditivas bem visíveis. Contemplava, admirada e boquiaberta. Inerte, de corpo paralisado no impulso que urgia o momento. Um jogo de palavras silenciosas.  
 
A telepatia, o renascimento de um vulto figurado, uma cópia da minha humanidade, o "eu" existente. Ela é eu. Eu vi-me no seu (meu) reflexo. Tinha nas suas (minhas) mãos, uma Flauta preta. Ela é a minha (foi) mensagem, o toque desesperado que em tempos de tempestade emanava um floco alaranjado da minha Surdez. Um homem, desconhecido empoleirado de frases soletradas, a incompreensão e frustração do seu não entendimento fez com que me assustasse ventos ondulantes. Chamou a criança surda, e pegou num pincel. A acção e os gestos transformaram-se em palavras. As cores, violeta e azul estampadas na sua (minha) face. Acordei, com o sol a brilhar no alto do céu, parecia ter feito uma grande descoberta! Interroguei para dentro dos meus botões o significado de toda esta envolvência, e em palavras que não confundem com a sua beleza deslumbrante.
 
Estive aproximadamente um ano e meio a sonhar com o formato dessa mesma cena, de diferentes dimensões e lugares surreais, enigmáticos, havia música onde entendia na perfeição cada acorde e timbres. Isto intrigou-me bastante, questionei o sentido disto tudo, tão estranhamente repetido.
 
Seria uma resposta? Uma luz? Uma simples mensagem? A verdade, sentia-me tão bem ao acordar de manhã, e viajar diariamente no mesmo trilho para a Faculdade, no entanto sem saber, sentia um vazio tremendo, um aperto de tristeza. Faltava-me alguma coisa... só não tinha a certeza, até em Dezembro de 2006 ter a coragem em enfrentar o desconhecido, arrisquei e resolvi marcar uma consulta 3 meses depois.
 
A partir daí, não tornei mais sonhar. Será que a resposta estava em torno de ser Implantada? 
 
Desculpe o texto ser longo, procuro somente razões que me levou a ter sonhos frequentemente desde 2005.
 
Obrigada pela atenção,
Cumprimentos     
 
Alice

--
Deixo-me conduzir pelo som e ali somos um só, eu e o Sun Melody, senti a ser beijada, o meu corpo era como uma melodia esvoaçante! A soada acarinhava-me a mente, o cérebro e o espírito. Tudo é música.

  Foto in: amoergosum.blogs.sapo.pt/arquivo/2004_04.html

Bom dia Alice,

 

Agradecemos a sua participação, e a sua descrição!

  

Os sonhos são espontâneos, naturais... e cabe-nos a nós criar uma intimidade com os nossos sonhos... ouvir sons, dançar, pintar, ampliar o sonho... permitindo aos aspectos mais profundos que predominam em nós, se divulguem e revelem.

 

Os recursos que dispõe nos seus sonhos favorecem uma aprendizagem intrínseca da sua vida, desde a infância, revelando a verdadeira natureza do seu ser, através de uma linguagem simbólica.

  

Sonhar traz-nos à superficie aspectos que são invisiveis, inatingiveis... Os sonhos são um caminho que percorremos sem querer, e vão sempre dar a um destino. Quando me pergunta se a resposta estava relacionada com o facto de ser "implantada", dependerá do sentido que isso terá para si, essa pode ter sido a sua meta, pois após esse facto não sonhou mais com o cenário que se vinha a repetir..

 

Sonhar enriquece a alma, é uma forma de conhecermo-nos cada vez melhor... Relatar o sonho desperta-nos a atenção sobre ele; se o tentarmos decifrar ajuda-nos a compreender muito sobre nós próprios; se conseguirmos perceber toda a sua linguagem simbólica acabamos por nos transformar...

 

Obrigada


Etiquetas:

publicado por Linha de Urol. às 09:01
link do post | adicionar aos favoritos

Consultórios
DR MANUEL MENDES SILVA:
Urologia
Avenida da Liberdade nº 202, 1º.
Contacto: 21 3524276

Dr. Manuel Mendes Silva
Médico Urologista Fellow do European Board of Urology. Ex-Presidente da Associação Portuguesa de Urologia e do Colégio de Urologia da Ordem dos Médicos. Ex-Vice Presidente da Sociedade Portuguesa de Andrologia. Director da Oficina de Ética da Conderação Americana de Urologia.
CONSULTA de SEXOLOGIA em CASTELO BRANCO
Marcações de consulta de Sexologia em Castelo Branco, com a Dra. Vera Ribeiro
MORADA: Quinta da Milhã - Estrada do Salgueiro, Castelo Branco
Contacto para marcação: 272 348 860
http://www.euromedic.pt (Informe-se sobre convenções de seguros para a consulta, na Clínica). Consultas aos sábados no período da manhã!
Envie a sua questão
As respostas às suas dúvidas atendem a diversos critérios. Neste serviço, não serão consideradas válidas questões com falta de enquadramento ou situações de emergência que só possam ter encaminhamento imediato.

E-mail: CLIQUE AQUI PARA ENVIAR
Outras Ligações
Pesquisar
 
Caracterização dos Leitores da Linha de Sexologia
Métodos Contraceptivos utilizados pelos leitores da linha de Sexologia:

Total de 426 Votos
Votação realizada de 22/02/2008 a 27/03/2008

Pílula - 213 (50%)
Preserv. Masc. - 107 (25.12%)
Coito Interrom. - 35 (8.22%)
DIU - 25 (5.87%)
Anel Vaginal - 18 (4.23%)
Abstinência - 13 (3.05%)
Implante - 5 (1.17%)
Contrac. Cirúrg. - 4 (0.94%)
Contrac. Emerg. - 2 (0.47%)
Espermicida - 2 (0.47%)
Injectável - 1 (0.23%)
Preserv. Femi. - 1 (0.23%)

Das seguintes expressões, a que melhor me descreve é:

Total de 146 Votos
Votação realizada de 27/03/2008 a 12/05/2008

Lésbica - 3 (2.05%)
Gay - 4 (2.74%)
Homossexual - 4 (2.74%)
Heterossexual - 115 (78.77%)
Bisexual - 13 (8.90%)
Nenh. desc. - 2 (1.37%)
ident. sex. oscila - 5 (3.42%)

Arquivos

Abril 2014

Dezembro 2013

Junho 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Maio 2012

Abril 2012

Abril 2009

Março 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Subscrever feeds